Primeiro ano de muito trabalho e aprendizados

YD comunicação - 21/12/2023

Nova diretoria precisou lidar com muitos assuntos, mas finaliza o ano com saldo positivo

Congresso, Junho Laranja, revista, SIG Queimaduras, assembleia, diálogo com associados, patrocínio, presidentes regionais. Quanto assunto é preciso lidar estando à frente da Sociedade Brasileira de Queimaduras. O primeiro ano da nova diretoria, que assumiu neste ano para o biênio 2023/2024, pode ser considerado de muito trabalho e bons resultados, com uma pitada de desafios.  

“O maior desafio neste primeiro ano à frente da Sociedade Brasileira de Queimaduras foi consolidar estratégias eficazes para promover avanços na prevenção e tratamento, considerando a diversidade de desafios que envolvem as queimaduras”, destaca o presidente Marcus Barroso.

Pensamento semelhante tem Kelly Danielle de Araújo, vice-presidente da SBQ, que considera ter sido um ano para fazer e fortalecer contatos. “Você vai tomando ciência da situação, vendo que cada região tem suas peculiaridades. Para ajudar cada um, você precisa ter noção de como as coisas funcionam. E fazendo essas relações, contatos, as coisas vão fluindo para ajustar e tentar melhorar em todos os lugares”, observa a médica.

Para Marcus Barroso, todos os planos traçados em 2023, porém, foram executados com sucesso, destacando-se o êxito do congresso em Salvador, a participação recorde nos cursos online em conjunto com o SIG queimaduras e a realização bem-sucedida do CNNAQ presencial no estado de Minas Gerais. “A colaboração e engajamento da comunidade foram fundamentais para superar eventuais desafios e chegamos para o próximo ano com a energia renovada”, celebra o médico. 

Algumas lições para o próximo ano também ficam. “Para o Junho Laranja 2023, por exemplo, tivemos dificuldade de acesso nas secretarias, órgãos públicos e eles são essenciais na nossa campanha de prevenção. Então, já vamos começar a trabalhar isso logo para o Junho Laranja 2024”, disse ela, sem adiantar como está sendo programada a campanha para o próximo ano. 

 

“Ao olhar para trás, estou satisfeito com as ações tomadas, mas sempre buscando aprimorar nossos esforços para fortalecer ainda mais a sociedade”, destaca Marcus Barros.

FUTURO - Segundo o presidente da SBQ, as metas para 2024 incluem intensificar a conscientização sobre prevenção, ampliar parcerias estratégicas e investir em programas educacionais para profissionais de saúde, tornando nossa sociedade cada vez mais inclusiva e participativa.

O Congresso Brasileiro de Queimaduras, previsto para o segundo semestre do próximo ano, deverá ser realizado em Belo Horizonte. E os preparativos para isso já começaram. “Estamos atrás de espaço para essa realização”, destaca Kelly Araujo. Ela diz que ainda está ajudando a construir um outro evento em Minas Gerais, onde haverá espaço para discussão, também, do tratamento aos queimados. 


Que venha 2024!

Outras Notícias

SIG Queimaduras de 17 de julho falará sobre protocolo de sepses no queimado

Peças publicitárias sobre prevenção de queimaduras criadas por alunos da UEL serão usadas pela SBQ

Programação preliminar do XIV Congresso Brasileiro de Queimaduras está disponível no site do evento

Cicatrizes de queimaduras será tema de palestra online nesta quarta-feira (3)

Camp Samba chega à sua 7ª edição nos dias 14 a 17 de julho

Campanha Junho Laranja encerra com engajamento que dá orgulho à SBQ

Atenção com crianças com alguma deficiência deve ser redobrada

SBQ pactua projeto piloto de DDT de queimados na Central de Regulação de Divinópolis

Divinópolis (MG) recebe Curso Nacional de Normatização de Atendimento do Queimado (CNNAQ)

Queimadura em idosos exige cuidado redobrado

Cidades do Brasil incluem o Junho Laranja no calendário oficial de eventos

Campanha Poder da Gentileza da Mölnlycke preza por cuidados gentis no tratamento de feridas por queimaduras

No dia de São João, o alerta é para cuidado com fogueiras, fogos e líquidos quentes

Última semana de junho terá duas lives sobre inovações tecnológicas

Dois presidentes regionais da SBQ são eleitos conselheiros do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito)

Junho Laranja: crianças são as principais vítimas de queimaduras no Brasil

Escoteiros do Brasil aliam-se à SBQ em campanha de prevenção a queimaduras

CBQ 2024: Prorrogado prazo para submissão dos trabalhos

Parceria entre SBQ, Fepecs e Abracopel pretende monitorar dados de queimaduras no Brasil

Médico usou poema para fazer uma das primeiras campanhas de prevenção a queimaduras do Brasil