Orgulho de ser SBQ com Rúbia Pereira Carneiro

YD Comunicação - 11/12/2020

A enfermeira Rúbia Pereira Carneiro, apesar de ter testemunhado a criação da Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), só se tornou sócia em 2007. Ela trabalha no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital de Força Aérea do Galeão, no Rio de Janeiro. 

Há cerca de 28 anos, Rúbia atua no atendimento aos queimados. “No início da minha carreira, fui escolhida para participar da implantação do serviço de enfermagem no CTQ da Aeronáutica, em sua fundação, em 1986. Não tinha ideia do tipo de tratamento nem experiência com paciente queimado. Foi o meu primeiro desafio que tanto me fortaleceu no sentido de procurar estratégias de capacitação técnica numa época de poucos recursos para esse fim”, conta.

Segundo Rúbia, na SBQ existe um grupo multidisciplinar onde a enfermagem tem um papel essencial e é bem acolhida por toda a equipe. “Aprendo, diariamente, nessa Sociedade e procuro disseminar minha experiência na área operativa nos diferentes cenários de catástrofes nos quais tive atuação”, conta.

Entre as vantagens de ser sócia da SBQ, ela enaltece os estudos e as trocas de experiências. “Os congressos e encontros científicos, os trabalhos em conjunto entre as regionais, nos trazem a oportunidade de crescer profissionalmente e aproximar diferentes realidades de atuação.”

Tratamentos – De acordo com a profissional, a assistência de enfermagem ao paciente vítima de queimadura acontece desde o início do acidente até a reabilitação. “Dentro dos centros especializados, a rotina de conviver com a dor e incertezas do paciente requer preparo físico e emocional. A carência de especialistas de enfermagem na área demanda novas capacitações que são adquiridas na prática, já que não são consideradas na formação acadêmica da enfermagem”.

A enfermeira conta que incentiva o engajamento de novos profissionais no tratamento das queimaduras. “Como docente, procuro estimular novos enfermeiros que já tratam lesões complexas a terem confiança no seu papel, ampliando sua capacitação frente à grande demanda de necessidades afetadas na vítima de queimaduras”, finaliza. 

Outras Notícias

SIG Queimaduras de 17 de julho falará sobre protocolo de sepses no queimado

Peças publicitárias sobre prevenção de queimaduras criadas por alunos da UEL serão usadas pela SBQ

Programação preliminar do XIV Congresso Brasileiro de Queimaduras está disponível no site do evento

Cicatrizes de queimaduras será tema de palestra online nesta quarta-feira (3)

Camp Samba chega à sua 7ª edição nos dias 14 a 17 de julho

Campanha Junho Laranja encerra com engajamento que dá orgulho à SBQ

Atenção com crianças com alguma deficiência deve ser redobrada

SBQ pactua projeto piloto de DDT de queimados na Central de Regulação de Divinópolis

Divinópolis (MG) recebe Curso Nacional de Normatização de Atendimento do Queimado (CNNAQ)

Queimadura em idosos exige cuidado redobrado

Cidades do Brasil incluem o Junho Laranja no calendário oficial de eventos

Campanha Poder da Gentileza da Mölnlycke preza por cuidados gentis no tratamento de feridas por queimaduras

No dia de São João, o alerta é para cuidado com fogueiras, fogos e líquidos quentes

Última semana de junho terá duas lives sobre inovações tecnológicas

Dois presidentes regionais da SBQ são eleitos conselheiros do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito)

Junho Laranja: crianças são as principais vítimas de queimaduras no Brasil

Escoteiros do Brasil aliam-se à SBQ em campanha de prevenção a queimaduras

CBQ 2024: Prorrogado prazo para submissão dos trabalhos

Parceria entre SBQ, Fepecs e Abracopel pretende monitorar dados de queimaduras no Brasil

Médico usou poema para fazer uma das primeiras campanhas de prevenção a queimaduras do Brasil