Campanha alerta sobre câncer de pele

YD Comunicação - 12/12/2023

A pele queimada exige cuidado redobrado para prevenir a doença. Pessoas devem ficar de olho em alterações de sinais, pintas, manchas e feridas

Não é somente para alertar sobre os riscos das queimaduras que a cor laranja é usada, na campanha de prevenção feita em junho. A tonalidade também é símbolo de dezembro, desta vez, para alertar sobre o câncer de pele. No período de férias e de exposição prolongada aos raios solares, o importante é prevenir, e a qualquer desconfiança, procurar um especialista. 

Os principais sintomas desse tipo de câncer são: feridas que não cicatrizam, manchas que coçam, descamativas ou que sangram; e sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor. 

Segundo o cirurgião plástico Osiris Martuscelli, os tipos mais comuns no país são o carcinoma basocelular e o espinocelular. "A prevenção do câncer de pele passa por proteção da radiação solar de todas as maneiras possíveis, bem como o exame dermatológico", conta. 

O médico alerta, também, para pacientes com sequelas de queimaduras, que devem redobrar os cuidados com a pele. "Podem aparecer feridas nas áreas das queimaduras que podem gerar tumores graves chamados de úlceras de marjolin", alerta. 

A vice-presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ), Kelly Araújo, explica a úlcera de marjolim é uma degeneração maligna de feridas crônicas que cicatrizaram com segunda intenção ou não cicatrizadas.

"Elas podem acontecer em úlcera de pressão, úlcera venosa, úlcera diabética, óxido mielite, cisto pilonidal, mas pode acontecer, também,  como uma transformação neoplasma da cicatriz de queimadura e geralmente está associada ao tumor carcinoma espinocelular", esclarece a médica. 

Kelly ressalta que a pele queimada deve ter uma hidratação frequente, mais rigorosa do que a não queimada. "Entre os cuidados estão o de evitar o sol e fazer uso de fator de proteção solar", destaca. 

PREVENÇÃO - A campanha Dezembro Laranja foi criada em 2014, pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), e faz parte da Campanha Nacional de Prevenção do Câncer de Pele. 

Diversas ações são realizadas em todo o país, entre elas, o mutirão no Pronto Atendimento Municipal Alpheu de Quadros, em Montes Claros, Minas Gerais. Osiris Martuscelli conta que este foi o terceiro ano do projeto que faz atendimentos atendimentos gratuitos, sempre na primeira semana de dezembro. 

"Este ano foram atendidos 620 pacientes e realizadas 150 biópsias. É possível vencer o câncer de pele.  Depende de você!", reforça o médico.

Outras Notícias

SIG Queimaduras de 17 de julho falará sobre protocolo de sepses no queimado

Peças publicitárias sobre prevenção de queimaduras criadas por alunos da UEL serão usadas pela SBQ

Programação preliminar do XIV Congresso Brasileiro de Queimaduras está disponível no site do evento

Cicatrizes de queimaduras será tema de palestra online nesta quarta-feira (3)

Camp Samba chega à sua 7ª edição nos dias 14 a 17 de julho

Campanha Junho Laranja encerra com engajamento que dá orgulho à SBQ

Atenção com crianças com alguma deficiência deve ser redobrada

SBQ pactua projeto piloto de DDT de queimados na Central de Regulação de Divinópolis

Divinópolis (MG) recebe Curso Nacional de Normatização de Atendimento do Queimado (CNNAQ)

Queimadura em idosos exige cuidado redobrado

Cidades do Brasil incluem o Junho Laranja no calendário oficial de eventos

Campanha Poder da Gentileza da Mölnlycke preza por cuidados gentis no tratamento de feridas por queimaduras

No dia de São João, o alerta é para cuidado com fogueiras, fogos e líquidos quentes

Última semana de junho terá duas lives sobre inovações tecnológicas

Dois presidentes regionais da SBQ são eleitos conselheiros do Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito)

Junho Laranja: crianças são as principais vítimas de queimaduras no Brasil

Escoteiros do Brasil aliam-se à SBQ em campanha de prevenção a queimaduras

CBQ 2024: Prorrogado prazo para submissão dos trabalhos

Parceria entre SBQ, Fepecs e Abracopel pretende monitorar dados de queimaduras no Brasil

Médico usou poema para fazer uma das primeiras campanhas de prevenção a queimaduras do Brasil